O Épico Triunfo do Papão nos Acréscimos

Publicados 10 meses atrás em 17 de setembro de 2023
Por: thiagobarbalho

Era uma tarde quente no Mangueirão, e o futebol estava no ar, pareando como uma promessa de emoção para que 50 mil torcedores presentes no Mangueirão. Os corações dos torcedores ferviam de expectativa, pois o Paysandu, estava enfrentando um desafio monumental contra o Botafogo-PB. O resultado deste embate poderia moldar o destino do campeonato, e os amantes do futebol sabiam disso.

O Mosaico no estádio foi espetacular, com seus núcleos vibrantes e mensagens de apoio ao tempo. Uma festa estava prestes a começar, e o palco estava montado para um jogo que prometia ser perfeito.

A torcida bicolor quebrou mais um recorde no Mangueirão:

Renda: R$ 1.772.840,00
Despesas: R$ 445.853,76
Líquido: R$ 1.326.986,24
Pagantes: 43.794
Gratuidades: 5.983
Total: 49.777

A partida começou de maneira equilibrada, com ambas as equipes demonstrando dificuldades no meio de campo e na hora de definir no ataque. Os jogadores se esforçaram para superar os obstáculos criados pelas defesas bem postadas. Foi um duelo de igual para igual, onde cada divisão e cada lançamento eram cruciais.

Os jogadores do Paysandu, no entanto, retribuíam o carinho da torcida com garra e determinação. Eles sabiam que cada lance era importante, e havia pressão sobre eles para alcançar a liderança do grupo.

O treinador Hélio dos Anjos foi aplaudido pela torcida a cada orientação dada à equipe. Sua presença à beira do campo foi uma fonte de inspiração para os jogadores, que buscavam seguir suas instruções à risco.

O primeiro tempo foi marcado por equilíbrio, com o Botafogo-PB tendo as melhores oportunidades, mas sem conseguir finalizar com eficácia. A tensão no estádio era palpável, e os torcedores seguravam a respiração a cada investida das equipes.

No segundo tempo, o Botafogo-PB voltou com uma postura mais agressiva, dirigida ao Paysandu. No entanto, a equipe paraense resistiu com coragem e determinação. A força e a insistência do Paysandu finalmente deram frutos aos 54 minutos do segundo tempo.

O gol surgiu de um cruzamento preciso da esquerda, encontrando o jogador Jacy Maranhão vindo de trás. Ele saltou sozinho e cabeceou a bola quase embaixo das traves, levando uma torcida ao delírio. O Mangueirão explodiu em uma festa espetacular, e ninguém queria sair do estádio naquele momento.

Com essa vitória nos acréscimos, o Paysandu deu um grande passo em direção ao acesso e ao título tão desejado. Com 7 pontos na tabela, eles lideraram o grupo, enquanto o Volta Redonda soma 4 pontos, o Amazonas 3 pontos e o Botafogo-PB também 3 pontos.

O próximo desafio do Paysandu estava marcado para o dia 23 de setembro, às 16h, na Paraíba, novamente contra o Botafogo-PB. Os torcedores já estão ansiosos por mais emoções e pela continuação dessa incrível jornada rumo à glória. No Mangueirão, a festa continua, e o futuro promete ser brilhante para os apaixonados pelo Paysandu. O futebol, mais uma vez, mostrou sua capacidade de emocionar e unir as pessoas em torno de um sonho compartilhado.

Cadastre-se na Betnacional e PROFETIZE!!! 👇

https://www.betnacional.com?p=227c5fd7f7

📷🎥 Imagens: Fernando Torres, Magno Fernandes, Ascom Paysandu, DAZN e Nosso Futebol

Fique por dentro das notícias no FUTPA! Siga nosso perfil no Instagram.

Receba notícias do FUTPA pelo WhatsApp.

Clique aqui, faça seu cadastro na Betnacional e use o código: FUTPA.